• Ana Margonato

Saudade

Atualizado: 16 de mar. de 2021

Saudade.


De muitos.

De um tempo vivido.

De abraços sinceros,

De sussurros ao pé do ouvido.


Parece ter sido ontem.

Quando estar junto ainda podia.

Encontros, mesa farta,

Risos da piada, risos de alegria.


Sinceramente,

Minto quando digo que ontem parece.

Já se foi muito.

Dos meus afetos, minha alma carece.


O pensamento chega.

Há de se ter um descanso.

Anseios e angústias.

Será que paz eu alcanço?


A espera é longa.

Mas que outra saída ei eu de ter.

Um dia a saudade acaba.

E os meus, de pertinho,

Eu eu ei de ver.


11 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Mergulhos