• Ana Margonato

O que guardo aqui dentro?

Atualizado: 16 de mar. de 2021

O que guardo aqui dentro?


O retrato de mim mesma, emoldurado em dores, medos, sonhos e sensações.


Talvez um pouco de angústias e aflições.

Esperança em mim mesma, uma vontade absurda de preencher lacunas e esbravejar pro mundo.

Talvez dores aos gritos, talvez canções.


Guardo memórias, guardo desejos.

Pra hoje, pra ontem e talvez amanhã.

Uma vida toda que cabe num dia. Um dia que cabe numa vida.

Memórias, quem decide onde caber.


Um pouco de arte pra salvar.

Um pouco de alma pra embelezar.

Um pouco de dor pra curar.

Um pouco de luz pra iluminar.

Um pouco de raiva pra impulsionar.

É um pouco de amor pra conta.


Um pouco de tudo.

De todos.

De mim.

De nada.


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Mergulhos

Um sopro